Atleta acusa escola de homofobia após ter foto retirada do álbum dos formandos

Dalton Maldonado diz sofrer homofobia no colégio Foto: Reprodução/Facebook

Visto no Extra

Um jogador de basquete americano que acabou de se graduar diz que teve seu retrato individual retirado do anuário de formandos por ser gay. Dalton Maldonado, de 19 anos, disse que se sentiu “humilhado e envergonhado”.

Em sua página na internet, Maldonado falou sobre o ocorrido, na Betsy Layne High School, em Kentucky, e disse que vai lutar até o fim para que nenhum outro gay seja discriminado.


Dalton Maldonado acaba de se formar e diz sofrer homofobia Foto: Reprodução/Facebook


Após grande repercussão na mídia, o atleta contou, no Facebook, que recebeu ligação de um representante do colégio e desabafou.

“Hoje cedo, depois de receber muitas felicitações e apoio de todo o país, recebi um telefonema do superintendente da escola. Ele me disse que eu aparecia no anuário 15 vezes, e que eles podiam ter esquecido minha foto no time de basquete. Ele disse que iam fazer um novo anuário e que esperava que eu soubesse que eles tinham muito orgulhoso de mim. No entanto, aqui está a foto que deveria ter saído no anuário, como a dos os outros jogadores de basquete! Eles pegaram meu primeiro artigo no Outsport falando da minha experiência e varreram para debaixo do tapete, como se a perseguição e humilhação nunca tivessem acontecido! Recuso-me a deixar isso acontecer novamente! Eu era o armador sênior, que jogou por três anos, e estava no centro da imagem da equipe. Não ligo se apareci outras 100 vezes, mas minha foto individual não estava lá! Acho inacreditável que a ‘investigação’ deles levou menos de um dia e que, mais uma vez, eles estão deixando isso pra lá! Eu não vou parar de lutar contra isso. Ninguém merece isso, e eu vou garantir que nenhum outro LGBT teen tenha de enfrentar esse tipo de discriminação!”

Dalton Maldonado desabafa no Facebook após ter foto retirada 
de livro de formandos Foto: Reprodução/Facebook


O superintendente do Conselho de Educação local, Henry L Webb, reconheceu que a imagem foi omitida da página onde ficam os jogadores de basquete da escola. Em comunicado, ele explicou que Maldonado pediu ao fotógrafo o arquivo digital da imagem para aprovação e edição. “O arquivo foi devolvido pelo atleta para o fotógrafo, mas o que foi enviado pelo fotógrafo para a escola não continha foto deste aluno”, disse.

Webb admitiu o erro por não ter percebido a falta durante a revisão do anuário e pediu desculpas para Maldonado e sua família, lembrando que existem 15 imagens de Maldonado em todo o anuário.

Dalton Maldonado comenta nota da escola Foto: Reprodução/Facebook


Após nota emitida por Webb, Maldonado postou outro desabafo.

“As pessoas podem tentar te derrubar, mas enquanto continuarmos juntos, elas não conseguirão! Quero agradecer por todo o apoio! Prometo que a luta não acabou. A escola pode tentar encobrir o suficiente, mas não o suficiente! Eles varreram a história para debaixo do tapete, mas não vou deixá-los fazer isso de novo! Obrigado novamente por todo o apoio! É ótimo ver o poder do humor desmantelando a homofobia”.

Comentários