30/10/2015

Irlanda aprova lei do casamento gay cinco meses após referendo histórico



Pessoas comemoram o resultado do referendo sobre casamento 

gay em maio em Dublin, na Irlanda. (Foto: AP Photo/Peter Morrison)

Visto no G1


Primeiros casamentos poderão ser realizadas dentro de um mês. Em maio 62,1% da população votou a favor da união de homossexuais.


A lei do casamento homossexual foi aprovada nesta quinta-feira (29) na Irlanda, cinco meses após um referendo histórico sobre o assunto em um país tradicionalmente católico.

Em breve comunicado, a presidência disse que o decreto foi assinado "na Comissão Presidencial do dia". O documento abre caminho para que os primeiros casamentos entre pessoas do mesmo sexo possam ser realizadas dentro de um mês.

A Irlanda votou em maio passado, com uma clara maioria de 62,1%, a favor do casamento entre duas pessoas "independentemente do sexo". Pela primeira vez o casamento gay, legal em vários países do mundo, foi aprovado por um referendo.

Questões jurídicas atrasaram em alguns meses a entrada em vigor da nova lei. A senadora Katherine Zappone, que fez campanha para que seu casamento com sua esposa canadense fosse reconhecido na Irlanda, descreveu este como "um momento decisivo".

"Este é um momento muito emocional para aqueles que, como nós, fizeram campanha por tanto tempo", disse Zappone em um comunicado. "Na verdade, esta vitória pertence a toda a nação, é um grande momento para todos nós", acrescentou.

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques