11/11/2015

Campeão Americano de Boxe confirma bissexualidade após mentir sobre participação em filme pornô gay


Visto no Dezanove

Yusaf Mack, ex-praticante de boxe americano e pai de dez filhos, esteve em Portugal há duas semanas quando afirmou, após identificarem sua participação num filme pornô gay, que estava drogado e que não se lembrava de nada . 

Na última semana, porém, Yusaf veio a público esclarecer a situação. Disse que o seu casamento acabou com a publicação desse vídeo, intitulado “Dog Pound”, e que mentiu ao sugerir o uso de drogas. Num comunicado oficial, o ex-atleta pede desculpa pelo sucedido, desmente ter estado sobre o efeito de drogas nas filmagens e assumiu a sua bissexualidade. O boxeador afirma, no mesmo comunicado, que se quer tornar um exemplo e um apoio para o universo LGBT.

No filme

Yusaf justifica assim ter mentido no início: ”a minha vida ficou completamente destruída […] fui tirado do armário com a participação no filme” e adiciona “encobri a minha orientação e a vida dupla que ia levando, mentindo. Após refletir, só quero seguir em frente a minha vida e pedir desculpa aos meus entes queridos que magoei, escondendo esta parte da minha vida.”

O comunicado do pugilista acaba com um apelo contra “ o tabu extremo e duras críticas por viver um estilo de vida homossexual, especialmente como um homem afro-americano, faz com que seja difícil ser completamente honesto e confortável dentro de si próprio. Mas eu tinha de me lembrar que sou um campeão e posso lutar e vou lutar contra isso. Eu sou mais do que a minha orientação sexual e agradeço carinhosamente aos meus apoiantes.”

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques