19/11/2015

Candidata lésbica consegue ser eleita presidente da Câmara de uma das cidades mais conservadoras dos EUA



Visto no TSF

Salt Lake City é a capital de um dos estados mais conservadores dos EUA e sede da tradicional igreja Mormon. Mas acaba de eleger uma mulher lésbica para presidente da Câmara.

Mais surpreendente ainda: os dois candidatos eram, além da filiação democrata, ligados à comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgênero).

O anterior presidente, e agora derrotado, Ralph Becker, até tinha sido apoiado por um grupo local de ativistas LGBT.

Mas Jackie Biskupski é a primeira presidente de Câmara de Salt Lake City assumidamente homossexual.As eleições realizaram-se no início do mês, mas o candidato derrotado contestou os resultados e foi necessário recorrer para o tribunal, que acaba de declarar a vitória de Biskupski (51.55% contra os 48.45% de Becker).

Biskupski será uma dos raros homossexuais a liderar uma câmara nos Estados Unidos (Houston e Seattle estão na lista).

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques