Dramas LGBT acumulam indicações ao principal prêmio de cinema independente nos EUA

Rooney Mara e Cate Blanchett em 'Carol'

Visto no ParouTudo

O drama lésbico “Carol” foi um dos dois longas mais indicados ao Independent Spirit Awards, principal prêmio do cinema independente nos Estados Unidos. Tanto a produção de Todd Haynes quanto “Beasts of No Nations” receberam seis indicações cada. O drama transexual “Tangerina” recebeu quatro indicações.

“Carol”, sobre uma mulher casada (Cate Blanchett) que se apaixona por uma balconista (Rooney Mara) nos anos 1950, emplacou as duas intérpretes na categoria melhor atriz, além de outras indicações como melhor filme.


“Tangerina” é protagonizado por duas atrizes transexuais, Mya Taylor e Kitana Kiki Rodriguez. Elas vivem duas garotas de programa procurando pelo cafetão na véspera de natal. Kitana disputa melhor atriz e Mya concorre a atriz coadjuvante.


A cerimônia de entrega dos prêmios será no sábado, 27 de fevereiro, um dia antes do Oscar.

Comentários