26/11/2015

Integrantes de Centro de Tradições Gaúchas ficam noivos em evento típico



Visto no Correio do Povo

Diogo e Henrique se conheceram no meio tradicionalista e começaram a namorar este ano

O Encontro de Artes e Tradição Gaúcha, o Enart, que ocorreu em Santa Cruz do Sul, no último fim de semana, foi o local escolhido pelo bancário Diogo Coelho Moreira, de 26 anos, para pedir em casamento seu companheiro, o bacharel em Direito Henrique Vargas Guimarães dos Santos, 22 anos. No fim de 2014, eles se conheceram no meio tradicionalista e, no dia 5 de janeiro deste ano, começaram a namorar. Em abril, Moreira foi transferido de Dom Pedrito para Pelotas e decidiu levar o namorado, que morava em São Gabriel. 

Moreira conta que os dois dançavam em entidades tradicionalistas diferentes e, quando chegaram a Pelotas, decidiram dançar na invernada de um mesmo CTG, pela última vez em um Enart. “Para marcar uma nova fase no nosso relacionamento e como o dia 20 era uma data importante, pois foi a nossa despedida da dança em festivais, decidi pedir ele em casamento”, conta. 

O noivado foi sem testemunhas. “Existia uma orientação que, com o nosso traje (da apresentação no Enart), não poderíamos usar anéis de prata e, quando nos mandaram tirar as alianças, disse pra ele que não dançaríamos sem e tirei do bolso interno do casaco a caixinha com as alianças de ouro de noivado”, relata Moreira. O casamento ainda não tem data marcada. 

Santos afirma que nos grupos em que os dois dançaram nunca houve preconceito. “Todos sabiam e nunca tivemos problemas. Fizemos amigos e todo mundo sempre soube da nossa orientação”, diz ele. “Com o tempo, vimos que o respeito é conquistado antes e não se perde simplesmente por uma condição”, avalia Moreira.
Eles salientam que não esperavam a repercussão que a história de amor dos dois teve depois de uma postagem em uma rede social. “Foi um noivado silencioso. Apenas aceitamos conversar com a imprensa e com as pessoas para dizer que o amor entre duas pessoas do mesmo sexo é natural em qualquer meio e não precisa ser visto como um defeito”, destaca Santos.

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques