02/12/2015

Fundamentalismo religioso: Estado Islâmico joga mais um homossexual de prédio como punição na Síria


Visto no R7
Morte se junta a longa lista de atrocidades cometidas pelo grupo

Desde que tomaram grandes territórios na Síria e no Iraque, membros do EI (Estado Islâmico) estão condenando pessoas arbitrariamente, de acordo com sua interpretação radical da sharia, a lei islâmica, e impondo punições cruéis pelos supostos crimes.

Nesta quarta-feira (2), foram divulgadas imagens de mais um homem condenado a ser atirado de um prédio por acusações de ser gay. Antes da morte, na cidade síria de Palmira, terroristas perguntaram a Hawas Mallah se ele estava feliz com a pena. Ele respondeu: "Eu preferia que vocês atirassem em mim".




Foto: Reprodução/dailymail.co.uk

Nenhum comentário:

Marcador Em Destaques