"PEDRADA NO CASTELO DE CARTAS" Por Tony Goes


Resultado de imagem para Anthony Rapp

Kevin Spacey "assediou" Anthony Rapp? Vamos com calma. A própria vítima conta que seu algoz não ofereceu nada em troca além de uma trepada: não prometeu papel em filme, não ameaçou acabar com sua carreira. Tudo não passou de uma paquera mal-sucedida. OK, Rapp tinha 14 anos na época - mas estava numa festa de adultos em Hollywood. Não estou dizendo que a culpa seja dele, mas dá para suspeitar que o rapaz já não fosse tão ingênuo assim. De qualquer forma, essa denúncia serviu para Spacey finalmente acabar com um dos maiores segredos de polichinelo de todos os tempos, sua própria homossexualidade. O planeta inteiro sabia que o intérprete de Frank Underwood era gay desde que ele foi preso fazendo pegação num parque em Londres em 2004. Kevin Spacey está tentando desviar a atenção de seu "crime"? Talvez, mas e daí? Acho ainda mais feia a atitude de Rapp, ao desencavar uma história com mais de 30 anos que não teve maiores consequências. O fato é que NINGUÉM tem a ficha completamente limpa - nem eu, nem você, nem absolutamente ninguém. Se amanhã ou depois um de nossos muitos podres vier à tona, seremos massacrados sem piedade na internet. Porque, afinal de contas, o resto do mundo é composto apenas por santos impolutos, que jamais cometeram um único deslize nada vida, né não? Gentem! Qualquer reputação é um castelo de cartas, que não resiste à primeira pedra. Mas parece que está todo mundo a fim de atirar. E viva a Santa Inquisição.




Comentários