"Trump diz OK para empresários que não querem atender gays" Por André Kummer


Trump diz OK para empresarrios que não querem atender gays

Você tem alguma curiosidade para saber como seria um presidente idiota? Tipo "aquele cujo nome não deve ser pronunciado"?

Então aí está! E como brasileiro tem mania de imitar americanos, sempre temos a possibilidade da sombra do mesmo absurdo acontecer por aqui.

O site Advocate mostra, com direito a vídeo, a resposta da Presidente Trump, dito pela sua secretária de imprensa Sarah Sanders, a sua opinião sobre o caso do padeiro do estado do Colorado que foi ao Supremo Tribunal dizer que sua religião não permite que ele preste serviço para pessoas homossexuais - é o caso Masterpiece Cakeshop.

Ele quer colocar um anúncio na vitrine dizendo que não faz bolos para casamentos gays.

Um repórter do The New York Times perguntou a Sarah se o presidente concordava com isso. Ela respondeu:

"O presidente certamente apoia a liberdade religiosa, é algo sobre o qual ele falou durante a campanha e confirmou desde o início do mandato", afirmou Sanders.

Quando perguntado se isso inclui que uma empresa coloque cartazes ou sinais de que não atendem clientes gays ela disse:

"Eu acredito que inclua isso!!!!"

Qual era mesmo a cor na estrela que Hitler marcava os gays? Rosa? 




Comentários