"IVO VIU A UVA DO GAROTINHO" Por Tony Goes



Anthony Garotinho não só é líder de ORCRIM como também um homofóbico da pior espécie: a oportunista. Aquele que, no fundo, não tem nada contra as guei, mas diz ter para agradar ao eleitorado ignorantão. Ainda me dói na memória o comício que ele fez em 2010, em que um cantor gospel entoou um hino anti-LGBT que diza que "se Deus fizesse o homem para casar com homem, não seria Adão e Eva, seria Adão e Ivo". Garotinho está preso pela terceira vez em um ano, e agora em Benfica, cercado de Ivos e Adões por todos os lados. Oh, pare, imaginação, não se deixe levar.



No vídeo acima Garotinho, na época pré-candidato do PR ao governo do Rio de Janeiro, e cantor evangélico condenam o casamento gay, durante a Caravana Palavra de Paz, em Cabo Frio.

A música, ao estilo sertanejo, fala contra a homossexualidade e tem trecho como "se Deus fizesse o homem para casar com homem, não seria Adão e Eva, teria feito Adão e Ivo" e faz campanha antecipada do pré-candidato Garotinho. 

Um dia da caça... outro do caçador... 

Comentários