27/08/15

Estudo derruba mito de que homossexualidade é 'não-africana'


Visto no ParouTudo

Um importante estudo divulgado na semana passada vai de encontro ao que milhares de africanos gostam de pregar.

Em dezenas de países do continente é muito comum a população dizer que a homossexualidade é “não-africana”, que é algo “importado” do Ocidente.

Segundo o estudo da Academia de Ciência da África do Sul, publicado pela prestigiada revista New Scientist, esse discurso homofóbico não tem fundamento.

“Não há base para a visão de que a homossexualidade é ‘não-africana’ no sentido de ser uma ‘importação colonial’ ou uma base de que a prevalência de pessoas homossexuais e bissexuais é diferente em países africanos e países de outros continentes”, diz o estudo.

O relatório também afirma que “não há evidências de que a orientação pode ser alterada por terapia ou que ser gay é contagioso”, como pregam muitos líderes de nações africanas.

O estudo também incentivou a aceitação das pessoas LGBT, ao apontar que a tolerância da diversidade sexual não beneficia apenas as comunidades locais, mas também afeta “a saúde pública, a sociedade civil e a longo prazo o crescimento econômico”.

A homossexualidade masculina (a feminina é mais tolerada) é ilegal em mais de 30 países do continente, com penas de prisão, trabalhos forçados e até a morte (como na Nigéria).

26/08/15

Ator de Superman, Henry Cavill teria ido para balada gay no Rio de Janeiro


Visto no E!

Henry Cavill e Armie Hammer vieram ao Brasil para divulgar o filme O Agente da U.N.C.L.E (Man from UNCLE) e estão aproveitando a valer o tempo de folga. Henry, que foi ao Pão de Açúcar com a camisa da seleção brasileira de futebol, foi flagrado com Armie, na madrugada desta quarta-feira, 26, em um barzinho do Rio de Janeiro.

Os dois estavam acompanhados pelo pessoal da equipe que veio para divulgar o filme. Armie se divertiu ao lado da mulher, Elizabeth Chambers.

E Henry está se divertindo mesmo no Rio. De acordo com informações do jornal O Globo, o ator foi à Le Boy, uma tradicional boate gay carioca. Ainda segundo a publicação, o intérprete do Super-Homem foi ao local acompanhado de dois homens e passou a noite dançando no primeiro andar. Os atores estão no Rio para divulgar o longa O Agente da U.N.C.L.E (Man from UNCLE), com direção de Guy Richie e estreia em 03 de setembro. Confira as fotos:















AgNews

Humor: Lua de mel gay

Pesquisa aponta que mulheres têm mais probabilidade de serem bissexuais



Visto na Visão

Os dados de um inquérito feito a 9,000 jovens adultos concluem que as mulheres têm mais probabilidade de mudar de ideias em relação à sua sexualidade por volta dos 20 anos

Existe um número crescente de casos de celebridades femininas que falam abertamente de bissexualidade. Elizabeth McClintock investigadora da Universidade de Notre Dame no Indiana decidiu analisar a tendência. 

Angelina Jolie manteve um caso amoroso com a modelo Jenny Shimizu, chegando a dizer que provavelmente teria casado com ela em diferentes circunstâncias. A modelo cara Delevigne,bissexual assumida, afirma que a sua sexualidade não é uma fase e a atriz Amber Heard, que já foi casada com Johnny Depp, encontra-se numa relação duradoura com uma fotógrafa. 

McClintock analisou os resultados do estudo americano no qual participaram mais de 5,000 mulheres e 4,000 homens que foram interrogados sobre a sua sexualidade três vezes entre a adolescência e o final dos 20 anos. Em média, tinham 16 anos quando questionados pela primeira vez, 22 na segunda e 28 na última. Entre as questões estava como se descreveriam a eles próprios "100% heteressexual", "maioritariamente heteressexual", "bissexual", "maioritariamente homossexual" ou "100% homossexual." 

As mulheres tinham mais probabilidades de se autointitular bissexuais. Tinham também mais probabilidade de mudar de ideias em relação à sua sexualidade por volta dos 20 anos. 

Dr McClintock disse que a erotização masculina da homossexualidade feminina permite às mulheres, por exemplo, beijar amigas em festas sem serem estigmatizadas. Estas circunstâncias podem levar a uma mais fácil descoberta da sua bissexualidade. 

Outra descoberta curiosa de McClintock é que as mulheres atraentes também têm mais probabilidades de se considerar totalmente heterossexuais, pois têm menos hipóteses de experienciar a bissexualidade por terem uma particular facilidade em encontrar parceiros masculinos. - "Mulheres que são inicialmente bem sucedidas em encontrar um companheiro masculino, como é tradicionalmente esperado, poderão nunca explorar a sua atração por outras mulheres (...) No entanto, mulheres como as mesmas atrações sexuais, mas menos opções heterossexuais favoráveis poderão ter uma maior oportunidade de experimentar com pessoas do sexo."

25/08/15

Monica Iozzi chama Marco Feliciano de “preconceituoso” e “homofóbico” em grupo do ‘Whatsapp’


Visto no Pheeno

Um grupo de Whatsapp nunca causou tanto como o criado pelo repórter do “CQC”, Maurício Meirelles! De acordo com o colunista Flávio Ricco, o humorista reuniu no grupo de figuras como Monica Iozzi, Dr. Rey, André Vasco, Antonia Fontenelle, Otávio Mesquita e Marco Feliciano. No entanto, chamou atenção a reação de Iozzi ao ver que o deputado também estava no grupo.

Ao perceber que o deputado era um dos colegas do aplicativo, a apresentadora do “Vídeo Show” fez questão de abandonar o bate-papo. Pedindo desculpas, Monica saiu do chat alegando não querer dividir o espaço “com um cara preconceituoso e homofóbico como o Marco Feliciano”. “Mau, te amo! mas não vou ficar num grupo com um cara preconceituoso e homofóbico como o Marco Feliciano. Não tenho o que conversar com pessoas assim”, disse.

“Beijinho pra você e pros demais!”, finalizou. André Vasco até tentou fazer com que Mônica continuasse, mas ela não quis nem saber. Segundo a publicação, o programa vai pretende exibir a conversa nesta segunda-feira (24/08).

Confira…

WhatsApp oficializa emojis de dedo do meio e de casais homossexuais


Visto no Zero Hora

Foi liberada nesta terça-feira a atualização do aplicativo WhatsApp para celulares com o sistema Android. Dentre as novidades, estão mais emojis, silenciador de contatos e redução do consumo de 3G para ligações.

Os destaques entre os novos emojis são a mão fechada com o dedo médio em riste — em seis tons de pele — e os casais de mesmo sexo. 

Entre as funcionalidades, o aplicativo traz a possibilidade de silenciar contatos individuais, marcar uma mensagem como não lida, adicionar um som específico para cada contato e reduzir os gastos do pacote de dados nas ligações com o app.

As novidades estavam em fase de testes desde julho e precisavam de um download externo para serem ativadas. Agora, elas foram liberadas para todos os usuários.

24/08/15

Filha de Johnny Depp se assume LGBT




Visto no iGay


Lily Rose participou de projeto fotográfico exclusivo para quem não se identifica como heterossexual



A modelo e atriz Lily Rose Depp se assumiu LGBT de uma forma bastante discreta no último domingo (23). A filha do ator americano Johnny Depp foi marcada em uma foto no Instagram pela artista iO Tillett Wright, que fotografa jovens que se encaixam em algum lugar no espectro LGBT.

"Estou tão orgulhosa da minha menina @lilyrose_depp", escreveu a fotógrafa na legenda da imagem. "Ela decidiu que queria fazer parte do projeto Self Evident porque se encaixa no vasto espectro, e eu não poderia estar mais feliz por recebê-la na família."

Ainda que não esteja claro se Lily se identifica como lésbica, bissexual ou transexual, o fato de participar publicamente do projeto de Wright já manda uma mensagem para os milhares de fãs da modelo e deixa claro que ela não se considera heterossexual.

Foo Fighters responde a protesto homofóbico de igreja com hit dos anos 1980



Visto no Zero Hora

Ao som de "Never Gonna Give You Up", de Rick Astley, banda ironizou protesto de fiéis da Igreja Batista de Westboro

Um grupo da Igreja Batista de Westboro protestava na frente do ginásio Sprint Center, em Kansas City, nos Estados Unidos, onde o Foo Fighters se apresentaria na última sexta-feira. Os manifestantes exibiam cartazes contra as leis de igualdade de direitos gay e dizeres como "Deus odeia os homossexuais".

Porém, a banda de Dave Grohl decidiu responder ao protesto de uma maneira inusitada: em cima da traseira de uma picape que tocava alto Never Gonna Give You Up, de Rick Astley, os integrantes do grupo cantavam e dançavam o hit dos anos 1980. O baterista Taylor Hawkins levantava um cartaz com os dizeres "You Got Rick Roll'd (Again)", que anunciava a pegadinha inspirada na brincadeira da internet – na qual uma pessoa manda um link que para uma informação aparentemente relevante, mas que direciona ao clipe da canção de Rick Astley. Também havia na caçamba um homem musculoso usando uma sunga colorida e carregando um cartaz com a frase Keep It Clean, nome de uma música do Foo Fighters.


Não é a primeira vez que a banda responde a um protesto da Igreja Batista de Westboro. Em 2011, os fiéis protestaram contra o grupo no mesmo local. Na ocasião, Fred Phelps, fundador da igreja escreveu que o "Foo Fighters tem uma plataforma tem uma plataforma e deveria estar usando-a para encorajar a obediência a Deus. Em vez disso, eles ensinam a todos que os escutam tudo que é contrário a Ele: fornicação, adultério, idolatria, homossexualidade". Então, os integrantes da banda se vestiram como caminhoneiros e tocaram Keep It Clean (Hot Buns), uma canção de amor gay.

A Igreja Batista de Westboro tem um histórico de protestos extremistas, antissemitas e homofóbicos, a ponto de protestar em funerais de artistas como Michael Jackson, Ronnie James Dio e Jeff Hanneman – ex-guitarrista do Slayer.


Marcador Em Destaques